A não perder

Ecografia torácica como meio de diagnóstico da pneumonia


MGFamiliar ® - Sunday, December 04, 2016




Pergunta clínica: Nas crianças com suspeita de pneumonia, o uso de ecografia torácica pode ser uma alternativa eficaz e segura, em comparação com a radiografia do tórax, para a realização do diagóstico?

Desenho do estudo: Estudo randomizado controlado com 191 doentes com suspeita de pneumonia. As crianças tinham uma média de 3 anos de idade. Foi realizada ecografia torácica aos doentes do grupo de intervenção (n=103) contudo sempre que houvesse dúvidas no diagnóstico poderiam realizar radiografia do tórax posteriormente. Os doentes no grupo controlo (n=88) foram submetidos a radiografia do tórax e, de seguida, ecografia torácica. Pretendeu-se avaliar a eventual redução do número de radiografias realizadas. Outros aspectos a avaliar (com um follow-up até 2 semanas) foram o número de pneumonias não diagnosticadas, número de visitas aos cuidados de saúde não programadas e eventos adversos.

Resultados: No grupo de intervenção houve uma redução de 38,8% de realização de radiografias torácicas (Intervalo confiança [IC] 95% 30,0% - 48,9%); enquanto que no grupo controlo não houve redução do número de radiografias (IC 95% 0,0% - 3,6%). Os ecografistas menos experientes tiveram uma redução de 30,0% do número de radiografias pedidas posteriormente, enquanto que os mais experientes tiveram uma redução de 60,6%. Não houve nenhum caso de pneumonia não diagnosticada em todos os participantes (grupo de intervenção IC 95% 0,0% - 2,9%; grupo controlo IC 95% 0,0% - 3,0%). Também não houve diferenças entre os dois grupos nos efeitos adversos ou visitas médicas não programadas.

Comentário: Este estudo demonstra que a ecografia pode ser uma alternativa viável e que oferece algumas vantagens. Verificou-se que o uso de ecografia permitiu diminuir até 60% dos pedidos de radiografia, isto quando realizada por um imagiologista experiente. O que significa que, na melhor das hipóteses, 40% das crianças terão de fazer uma radiografia para além da ecografia pelo que é necessário estudo complementar de custo-eficácia. No entanto, o uso de ecografia pode ter vantagens mais óbvias. Por exemplo, o evitar a exposição às radiações e a sua portabilidade permite que seja usada em unidades sem acesso a radiografia ou no domicílio, oferecendo uma resposta rápida. A salientar que uma das limitações da investigação foi o tempo reduzido de follow-up. Se estes resultados forem confirmados por estudos adicionais, poder-se-á vir a assistir a uma mudança na prática clínica no que concerne ao meio de complementar de diagnóstico de primeira linha para o diagnóstico de pneumonia na criança. 

Artigo original: Chest

Por Ana Filipa Lima, USF Alto da Maia 




Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive