Prescrição Racional

Prescrição adiada de antibióticos


MGFamiliar ® - Tuesday, December 27, 2016



Pergunta clínica: Em pacientes com infeções respiratórias agudas não complicadas, será que a prescrição adiada de antibióticos é tão eficaz como a prescrição imediata?

Desenho do estudo: Estudo randomizado e multicêntrico, sem ocultação. Investigação realizado em 23 Centros de Saúde em quatro regiões de Espanha. Os participantes incluídos tinham mais de 18 anos e uma das seguintes infeções respiratórias agudas não-complicadas: faringite, sinusite, bronquite ou exacerbação ligeira ou moderada de DPOC. Os participantes foram aleatorizados para quatro intervenções diferentes:  sem prescrição de antibiótico (99 participantes);  prescrição imediata de antibiótico, com a indicação para começar a administração imediatamente (101 participantes);  levantamento do antibiótico na unidade de saúde três dias depois da consulta (100 participantes);  por decisão do doente: os participantes recebiam antibiótico na consulta com a indicação de apenas iniciarem a toma se tivessem agravamento muito significativo nos primeiros dias ou mantivessem sintomas após 5 dias (faringite) ou após 10 dias (outras infeções).

Resultados: Os participantes do grupo de prescrição imediata tiveram menor duração de sintomas graves, entre 0,4 e 1,5 dias. A duração de sintomas comuns (febre, desconforto, tosse, dificuldade em dormir, dificuldade nas atividades de vida diária) foram menores no grupo de prescrição imediata em comparação com a não-prescrição em três destes sintomas. Em comparação com os outros dois grupos, apenas o desconforto teve menor duração. O uso de antibióticos foi de 91,1% no grupo da prescrição imediata, 12,1% no grupo de não-prescrição, 23% nos que levantavam antibioterapia na unidade de saúde e 32,6% no grupo de decisão do doente.  A satisfação dos doentes foi semelhante nos quatro grupos. O absentismo laboral foi menor nos grupos de prescrição adiada. A crença que os antibióticos não seriam necessários (ou tiveram pouco efeito) foi maior nos grupos de prescrição adiada. Não foram observadas diferenças nas complicações, reações adversas, necessidade de recorrer novamente a cuidados de saúde ou no estado geral de saúde passado um mês.

Comentário: O dia 18 de Novembro, Dia Europeu dos Antibióticos, é assinalado com campanhas no sentido de educar o doente para o uso racional dos antibióticos. Estas iniciativas de literacia em saúde podem ser complementadas por estratégias de prescrição adiada para os casos selecionados na nossa prática clínica. 

Artigo original: JAMA Intern Med

Por José Mendes, USF Mondego




Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive