Prescrição Racional

Acupuntura na gonalgia crónica


MGFamiliar ® - Sunday, April 12, 2015

 

 

Pergunta clínica: Será a acupuntura, com agulhas ou laser, eficaz na gonalgia crónica do adulto acima de 50 anos?

Enquadramento: A gonalgia crónica é uma condição comum e incapacitante em pessoas com mais de 50 anos de idade, sendo a osteoartrose do joelho uma das principais causas. A acupuntura é uma forma popular de medicina complementar e alternativa para o tratamento da dor e disfunção associadas a condições musculoesqueléticas.

Desenho do estudo: Ensaio clínico aleatorizado e controlado com o objectivo de investigar a eficácia e custo-efetividade da acupuntura com agulhas ou laser, administrada por médicos, em pessoas com gonalgia crónica. O ensaio clínico decorreu em Victoria, Austrália, entre Fevereiro de 2010 e Dezembro de 2012. Foram incluídos 282 pacientes com ≥ 50 anos e com gonalgia diária de duração superior a três meses e dor de gravidade 4 em 10, na escala numérica. Os indivíduos incluídos consentiram participar, inicialmente, num estudo observacional com duração de um ano. Posteriormente, foram randomizados e alocados num dos quatro grupos de tratamento: acupuntura com agulhas (n=70), acupuntura com laser (n=71), acupuntura com laser “falso” (placebo, n=70) e sem acupuntura (controlo, n=71). Os pacientes do grupo controlo continuaram o estudo observacional sem saberem que estavam num ensaio clínico. Com exceção do grupo da acupuntura com agulhas, o ensaio foi duplamente oculto para os restantes grupos. O tratamento durou doze semanas, com sessões de 20 minutos, uma ou duas vezes por semana, até um total de oito a doze sessões. Os outcomes primários foram a dor (avaliada pela escala numérica) e a função (avaliada pelo Western Ontario and McMaster Universities Osteoarthritis Index).

Resultados: Completaram o ensaio 91% dos participantes em doze semanas e 82% num ano. Os resultados não demonstraram melhoria estatisticamente significativa na dor dos pacientes submetidos à acupuntura, com agulhas ou laser (diferença média: -0.4; IC 95%: -1.2 a 0.4 e -0.1; IC 95%: -0.9 a 0.7, respetivamente) ou na função (-1.7; IC 95%: -6.1 a 2.6, e 0.5, IC 95%: 4.4 a -3.4, respetivamente), em comparação com o tratamento placebo, após doze semanas. Em comparação com o grupo controlo a acupuntura com agulhas resultou em melhorias modestas na dor e na função (-1.1; IC 95%: -1.8 a -0.4 e -3.9; IC 95%: -7.7 a -0.2, respetivamente) em doze semanas, mas não após um ano. Também a acupuntura com laser obteve melhoria modesta na dor após doze semanas, em comparação com o grupo controlo (-0.8; IC 95%: -1.5 a -0.1), não se verificando o mesmo após um ano.

Comentário: Este estudo vem apoiar a evidência atual de que o benefício do tratamento com acupuntura para a gonalgia crónica pode ser tendenciosa pelo viés de recrutamento, isto é, os participantes dos ensaios clínicos podem ter uma atitude positiva em relação à acupuntura e estarem mais propensos a beneficiar do tratamento. Estes investigadores, ao realizarem um ensaio clínico no qual os participantes consentiram a acupuntura somente após a aleatorização, eliminaram esse viés. Demonstraram, desta forma, que nos doentes com mais de 50 anos com gonalgia crónica moderada ou grave, a acupuntura, com agulha ou laser, não tem benefício na melhoria da dor ou da função, quando comparada ao tratamento placebo.

Artigo original:JAMA

Por Marlene Barros, USF do Minho

 

 

Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive