Prescrição Racional

Revisão Cochrane: corticoides na odinogafia


MGFamiliar ® - Tuesday, March 24, 2015

 

 

 

Pergunta clínica: na odinofagia por inflamação do trato respiratório superior faz sentido medicar com corticoides?

Enquadramento: A odinofagia é um sintoma comum, associado a uma elevada taxa de prescrição de antibióticos, apesar da evidência limitada que sustenta esta atitude. Os corticoides podem melhorar os sintomas de odinofagia, reduzindo a inflamação do trato respiratório superior.

Desenho do estudo: revisão sistemática, realizada pela Cochrane. O objetivo da revisão efectuada foi avaliar o benefício clínico e a segurança dos corticoides no tratamento da odinofagia em adultos e crianças. Foram incluídos estudos randomizados controlados que compararam o tratamento com corticoides e o placebo, em adultos e crianças com mais de 3 anos de idade, com queixas de odinofagia. Foram excluídos os estudos que incluíam doentes hospitalizados, com mononucleose infecciosa, abcesso e odinofagia após amigdalectomia ou intubação.

Resultados: Foram incluídos oito estudos envolvendo 743 participantes (369 crianças e 374 adultos). Em todos os ensaios foram administrados antibióticos em ambos os grupos placebo e tratados com corticoides. Nenhum estudo avaliou os corticoides como tratamento autónomo da odinofagia. Adicionalmente aos efeitos dos antibióticos e da analgesia administrados, os corticoides aumentaram em 3 vezes a probabilidade de resolução completa da dor em 24 horas e 1,7 vezes em 48 horas. É necessário tratar menos de 4 pessoas para prevenir que um doente mantenha dor às 24 horas de sintomatologia. Os corticoides também reduziram o tempo médio até ao início do alívio da dor e o tempo médio de resolução completa da dor por 6 e 14 horas, respectivamente. Às 24 horas, a dor (avaliada por escalas analógicas de dor) foi reduzida em cerca de 14% após a adição dos corticoides ao tratamento. Não houve diferença nas taxas de recidiva, recaída ou eventos adversos relatados relativamente aos participantes que tomaram corticoides, em comparação com placebo.

Conclusão: Os corticoides orais ou intra-musculares, adicionalmente aos antibióticos, aumentam a probabilidade tanto de resolução como de alívio da odinofagia. Serão, no entanto, necessários mais estudos que avaliem o tratamento com corticoides em crianças e em doentes não medicados com antibióticos.

Comentário: As orientações clínicas actuais não recomendam a utilização dos corticoides no tratamento da faringite. É de considerar que a maioria das odinofagias por inflamação do trato respiratório superior resolvem em 2 a 5 dias. Para além disso, será necessária precaução adicional em doentes com leucemia ou linfoma.

Artigo original:Cochrane

Por Joana L. Gonçalves, USF S. Julião 

 

 

 

Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive