O indivĂ­duo, o seu meio e a sua arte