A não perder

Monitorização contínua da glicose na prevenção de hipoglicemias na diabetes T1


MGFamiliar ® - Sunday, September 02, 2018




Pergunta clínica: Os sistemas de monitorização contínua da glicose previnem a hipoglicemia em adultos com diabetes mellitus tipo 1 com défice na perceção de hipoglicemia ou com antecedente de hipoglicemia severa durante o último ano?

População: adultos com diabetes tipo 1 com défice na perceção de hipoglicemia ou com antecedente de hipoglicemia severa durante o último ano.
Intervenção: monitorização contínua da glicose
Comparação: sistema de monitorização contínua da glicose versus monitorização não contínua por glicemia capilar
Outcome: frequência de hipoglicemias

Enquadramento: Para alcançar o controlo glicémico, os pacientes com diabetes mellitus tipo 1 têm de avaliar a glicemia capilar, monitorizar a ingestão de alimentos e gerir a atividade física, para desta forma poderem calcular as unidades de insulina que necessitam. Um dos riscos da insulinoterapia são as hipoglicemias. Os sistemas de monitorização contínua de glicose consistem num pequeno sensor descartável inserido na pele, um transmissor que liga ao sensor através de um suporte sem fios que transmite e exibe os resultados num receptor.

Desenho do estudo:  Ensaio clínico controlado randomizado (não-cego) realizado na Alemanha. Foram incluídos adultos com diabetes tipo 1 com défice na perceção de hipoglicemia ou com antecedente de hipoglicemia severa durante o último ano. Hipoglicemia foi definida como episódio com duração ≥ 20 minutos em que o nível de glicose foi ≤ 54 mg/dL precedido por ≥ 30 minutos de valores mais altos. Nos primeiros 28 dias todos os pacientes usaram um sistema de monitorização contínua. Após esta primeira fase os doentes foram randomizados em dois grupos. No grupo da intervenção incluíram-se os utilizadores do sistema de monitorização contínua da glicose (n = 75). No grupo controlo os doentes eram vigiados através do teste de glicemia capilar (n = 74). Após a segunda fase (que durou 6 meses) o grupo controlo usou o sistema de monitorização contínua da glicose durante 4 semanas.

Resultados: Durante a primeira fase do estudo, os diabéticos com sistema de monitorização contínua da glicose apresentaram 10,8 episódios de hipoglicemia, comparados com 14,4 do grupo controlo. No final do estudo, as taxas de hipoglicemia diminuíram para 3,5 e 13,7, respetivamente. 33,3% dos pacientes vigiados através do sistema de monitorização contínua da glicose não apresentaram hipoglicemia, em comparação com 7,6% dos doentes do grupo controlo (número necessário para tratar = 4). 

Comentário: Este estudo mostrou que a monitorização contínua da glicose pode ser uma ferramenta útil para evitar episódios de hipoglicemia e necessidade de assistência por terceiros.

Artigo original: Lancet

Por Carolina Venda, USF Farol

Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive