MaisOpinião - Philippe Botas

Quatro paredes e uma janela


MGFamiliar ® - Sunday, May 03, 2020



Chegou o momento. Respira fundo e olha em frente, para o futuro.

O novo coronavírus não se preocupa com quem atinge e de uma forma ou de outra estamos todos a ser afetados.

Sou Médico. A profissão que escolhi, com tudo o que tem de bom e mau. Olho para o meu percurso e tenho o deslumbre de momentos que me concretizaram em confronto com momentos que me desgastaram. Porventura já terá sido uma profissão respeitada.

Chegou o momento. Já devia ter sido antes.

Os números aumentam e as previsões são nesse sentido. Algumas medidas estão a ser aplicadas e são positivas. Mas precisamos de mais. Mais organização, mais cooperação, mais uniformidade. O país deve ter uma liderança forte e convergente.

Eu percebo, não é fácil e qualquer decisão tem consequências. Mas se foram eleitos como líderes, então sejam o que vos nomearam. Deixem de procrastinar porque agora é que é o momento. Agora e não amanhã! Chega de serem inconsequentes e acharem que se continuarem discretos as coisas vão passar. Não vos chegou as experiências da nossa história recente e agora a de outros países? Todos os dias vejo família, amigos e colegas a darem o seu melhor. Vejo mais liderança e cooperação na linha da frente do que nos níveis de gestão.

Agora uma mensagem para todos. Sejamos líderes. É uma responsabilidade que nos é exigida. Sou Médico e faço o meu melhor por vocês. Nesta pandemia estou exposto a maior risco com consequências que me fazem percecionar tudo com uma experiência mais real. Faço a minha parte e assim protejo todos. A minha família, os meus amigos, os meus utentes. Todos vós. É difícil e por vezes angustiante, mas é assim que conseguimos ser melhores e vencer. Não sejam egoístas nem inconsequentes. Sejam altruístas e resilientes. Não se iludam já. Temos que continuar e passo a passo encontrar um caminho que nos faça sorrir. 

Continuo a ser Médico. Tenho que me reinventar no meu papel nestes tempos conturbados. De todos vós não espero nem menos nem mais.  Não se desiludam.

Por Philippe Botas





Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image