A família Bélier

Nem sempre acertamos na escolha do filme aquando da ida ao cinema… Mas, de tempos a tempos, surge um filme que nos faz vibrar, que nos faz viver sensações e emoções fortes. E, no fim do filme, saímos leves, com uma vontade enorme de voltar a ver o mesmo filme. Foi isso que senti ao visionar o filme “A família Belier”.  Tocou-me pelo argumento, mas também pelo encanto das imagens, da música, e pela alegria contagiante que transmite. Uma história de uma família, como tantas outras, mas contada com muito engenho e arte. 

O único aspecto negativo que saliento é o descuido que houve ao não se apresentar no filme a linguagem gestual de forma correcta. Com isso, desrespeita-se toda a comunidade de pessoas que usa a linguagem gestual para comunicar.

Algumas curiosidades:

Este filme recebeu 6 nomeações para os Césares (prémios do cinema francês), tendo a actriz Louane Emera, que interpreta a personagem principal, recebido o prémio de de Melhora Actriz Revelação.

O jovem que interpreta o papel de irmão da actriz principal tem surdez na vida real.

Por Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Por favor insira um endereço de email válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Filmes que tocam
Menu