Efeito placebo nos sintomas ligeiros do hipotiroidismo subclínico

 

 

Pergunta clínica: Em idosos com hipotiroidismo subclínico persistente, o tratamento com levotiroxina será mais eficaz do que o placebo no controlo dos sintomas?

População: idosos com hipotiroidismo subclínico persistente
Intervenção: tratamento com levotiroxina durante 1 ano
Comparação: placebo
Outcome: alteração nos scores de sintomas de hipotiroidismo e de cansaço (questionário ThyPRO) ao final de 1 ano

Desenho do estudo: análise secundária do TRUST (Thyroid Hormone Replacement for Untreated Older Adults with Subclinical Hypothyroidism Trial), ensaio clínico aleatorizado e controlado por placebo, realizado na Suiça, Irlanda, Países Baixos e Escócia. Foram incluídos pacientes com 65 ou mais anos, com hipotiroidismo subclínico persistente (TSH de 4.60 a 19.9 mIU/L por mais de 3 meses e níveis normais de T4 livre). Os participantes foram aleatorizados para o grupo de levotiroxina (50 mcg por dia ou 25 mcg em situações previamente definidas, com titulações para TSH se manter entre 0.40 e 4.59 mIU/L) ou grupo placebo. Os dois marcadores (outcomes) primários foram a alteração ao final de 1 ano nos scores de sintomas de hipotiroidismo e de cansaço (questionário Thyroid-Related Quality-of-Life Patient-Reported Outcome). Foram considerados indivíduos muito sintomáticos aqueles com pontuação inicial de sintomas de hipotiroidismo >30 ou pontuação de cansaço >40. Foi definido um mínimo de 9 pontos de diferença para o efeito ser considerado clinicamente relevante.

Resultados: Foram incluídos no total 638 participantes.132 participantes tiveram pontuações de sintomas de hipotiroidismo superiores a 30 e 133 participantes tiveram pontuações de cansaço superiores a 40. No grupo de indivíduos muito sintomáticos, a pontuação de sintomas de hipotiroidismo melhorou de forma semelhante nos que receberam levotiroxina e nos que receberam placebo (redução de 12.3 e 10.4 pontos, respetivamente, diferença não estatisticamente significativa). A melhoria do cansaço também foi semelhante entre os dois grupos (redução média de 8.9 pontos e 10.9 pontos, respetivamente, diferença não estatisticamente significativa). Não houve evidência de que a pontuação inicial dos sintomas de hipotiroidismo ou do cansaço modificassem os efeitos da levotiroxina comparativamente ao placebo.

Comentário:  Os resultados deste ensaio clínico são um caso típico do efeito placebo. Isto porque, quer os pacientes que tomaram o medicamento, quer os que tomaram o placebo, melhoraram de igual forma. Em indivíduos idosos com hipotiroidismo e muito sintomáticos, a levotiroxina poderá não ser superior ao placebo. Não obstante, devem ser tidas em conta as limitações deste estudo, nomeadamente o seu reduzido tamanho amostral e o facto de ser uma análise post hoc.

Artigo original: Ann Intern Med

Por Ana Sofia Fontes, UCSP Ourém

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Fill out this field
Fill out this field
Please enter a valid email address.
You need to agree with the terms to proceed

Prescrição Racional
Menu